Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Estado da União: É momento de Europa passar de fragilidade a nova vitalidade – Von der Leyen

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) – A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, defendeu hoje, no seu primeiro discurso sobre o Estado da União, que é momento de a Europa “passar da fragilidade para uma nova vitalidade”, após os impactos da pandemia de covid-19.

“É momento de a Europa liderar este caminho, passando da fragilidade para uma nova vitalidade e é sobre isso que gostaria de vos falar hoje”, afirmou Ursula von der Leyen, no início da sua intervenção sobre o Estado da União no Parlamento Europeu, em Bruxelas.

“Digo isto porque nos últimos meses descobrimos os valores que temos em comum. […] Mostrámos o que é possível quando confiamos uns nos outros e nas instituições europeias”, acrescentou a responsável.

Numa altura em que a Europa ainda está a enfrentar consequências sanitárias e económicas do novo surto coronavírus, Ursula von der Leyen sublinhou que a estratégia comunitária tem sido a de “não só recuperar e reparar agora, mas também partilhar e formar um mundo melhor para o mundo de amanhã”.

“Esta é a nova geração Europa, é a nossa oportunidade de fazer com que as coisas aconteçam, não só por imposição ou catástrofe, mas criando oportunidades para o dia de amanhã”, adiantou.

E assegurou: “Temos visão, temos planos, temos investimento. Chegou a altura de pôr as mãos à obra”.

Ursula von der Leyen começou o discurso prestado homenagem aos serviços de saúde, que fizeram “milagres” perante um “vírus mil vezes mais pequeno que um grão de areia, que mostrou a fragilidade planetária”.

Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.


RECOMENDADOS PARA SI

Últimos Tweets

Pinto da Costa com conversa marcada com Sérgio Conceição para falar da renovação https://t.co/fQ6zZREOq8
CDS questiona Governo sobre falta de transporte escolar para crianças e jovens com deficiência https://t.co/cZVzFizqS9
Passados cinco anos, Maria Manuel Branco está de saída do cargo e de regresso a Portugal https://t.co/3MxuBjwGU9
Follow Jornal das Comunidades on Twitter