IDT-N°/ : 5911

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Ele já era rua. Um lugar comum. Era no início da avenida Louise, entre as campainhas dos elétricos e o frenesim do comércio de luxo, onde fazia a sua casa. Desde junho, quando parte da nossa liberdade foi restituída, que aquele espaço na avenida passou a ser seu. Durante os meses seguintes, assumi um estranho sentimento de normalidade ao vê-lo ali, estático, imóvel, como se alguém tivesse colocado um novo adereço na movimentada rua de Bruxelas. 

Pág. 1 de 11

Últimos Tweets

Pinto da Costa com conversa marcada com Sérgio Conceição para falar da renovação https://t.co/fQ6zZREOq8
CDS questiona Governo sobre falta de transporte escolar para crianças e jovens com deficiência https://t.co/cZVzFizqS9
Passados cinco anos, Maria Manuel Branco está de saída do cargo e de regresso a Portugal https://t.co/3MxuBjwGU9
Follow Jornal das Comunidades on Twitter