Colocámos cookies no seu computador para melhorar a sua experiência no website. Ao utilizar o site, está a concordar com o seu uso. Ler mais

Embaixada de Portugal em Díli funciona em novas instalações a 10 de outubro




Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Díli, 02 out (Lusa) - A embaixada de Portugal em Díli começa a funcionar a partir de segunda-feira nas suas novas instalações, ao lado da sede do Sporting Club de Timor e perto do Palácio do Governo em Díli, três anos depois de as obras terem começado.

Com dois edifícios, um para a chancelaria e o segundo para o Centro Cultural - que integra Biblioteca, Sala de Exposições e Auditório - o complexo da embaixada tem uma área de construção de 2.700 metros quadrados e uma altura máxima de dois andares.

Projeto conjunto da empresa NLA, em parceria com a IDA-TL, a obra - que começou a 31 de maio de 2014 e teve um custo de cerca de 3,9 milhões de dólares - foi executada pela empresa portuguesa Ensul.

Construído ao longo da Avenida Marginal o complexo tem a sua entrada principal virada para o Palácio do Governo e a entrada de serviço na rua 25 de abril, onde está a sede do BNU.

A mudança foi hoje anunciada num email enviado à comunidade portuguesa pelo embaixador de Portugal em Díli, Manuel Gonçalves de Jesus - que está prestes a terminar o seu mandato, seguindo para a chancelaria em Seúl.

O correio eletrónico refere que a embaixada vai estar encerrada entre 5 e 9 de outubro para a mudança. A inauguração oficial ainda não tem data marcada.

Desde abril de 2000 que a primeira chancelaria da embaixada funciona no edifício que pertence à Associação Comercial, Agrícola e Industrial Timorense (ACAIT), onde está ainda instalada uma delegação do BNU e onde chegou a ser a sede dos Correios de Timor-Leste.

A instalação da chancelaria no edifício do ACAIT chegou a ser pensada como temporária, com o objetivo, em 2000, a ser instalar a embaixada no edifício da antiga câmara comercial chinesa.

Em termos formais, a embaixada só foi aberta naquele local depois da restauração da independência, a 20 de maio de 2002, tendo ali ficado nos últimos 15 anos.

Pouco tempo depois, o Governo timorense atribuiu a Portugal o espaço onde foi construída a nova embaixada - a placa de "futuras instalações" foi durante anos o único sinal do futuro edifício.

A primeira pedra do complexo acabaria por ser lançada a 21 de maio de 2012 pelo então Presidente português, Aníbal Cavaco Silva, que esteve em Timor-Leste para o 10.º aniversário da restauração da independência.

Pub


The Sol Ar Vinhos de Portugal

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
15
16
17
18
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

Pub Google

Últimos Tweets

Luto, de luto, pelas nossas aldeias! https://t.co/LWfW6WyDyg
Incêndios: Força Aérea passa a ter gestão e operação dos meios aéreos – Costa https://t.co/XLi3wKNGPa
O risco de deportação de meio milhar de portugueses nos EUA https://t.co/yCBq5DbF52
Follow Luso.be - Bélgica on Twitter