Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
quinta-feira, 23 setembro 2021

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Pelo menos 17 mortos e 400 feridos em explosões na Guiné Equatorial - oficial



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

(Lusa) – Pelo menos 17 pessoas morreram e outras 400 ficaram feridas após várias explosões registadas hoje num quartel militar na cidade de Bata, na Guiné Equatorial, informaram as autoridades.

De acordo com dados do Ministério da Saúde e Bem Estar Social da Guiné Equatorial, até ao momento registaram-se 17 mortes nos hospitais da cidade, enquanto o número de feridos ascende a 400.

Os feridos estão distribuídos por três hospitais da cidade: 70 no Hospital la Paz, 150 no Hospital Geral de Bata e 200 no Hospital Nuevo Inseso.

De acordo com a mesma fonte, as explosões ocorreram no bairro de Mondong Nkuantoma, em Bata, maior cidade e capital económica da Guiné Equatorial, onde se localiza um quartel militar.

"Estima-se que haja mortos e muitos desaparecidos debaixo dos escombros", tinha adiantado antes o ministério, que pediu a médicos e enfermeiros voluntários para se dirigirem ao Hospital Regional de Bata.

As autoridades de saúde apelaram também para a contribuição de dadores de sangue.

Para já é desconhecida a origem das explosões, mas uma fonte da Guiné Equatorial contactada pela agência Lusa adiantou que terá explodido o paiol do quartel militar do bairro de Nkoantoma, o maior do país, e que a "explicação mais plausível é que se trate de um acidente".

Este quartel fica situado num zona habitacional e imagens transmitidas pela TVGE mostram dezenas de pessoas a fugir do local, muitas delas feridas.

As imagens também mostram uma espessa coluna de fumo.

Três das explosões ocorreram cerca das 15:00 locais (14:00 em Lisboa) e duas horas mais tarde ocorreu uma quarta.

De acordo com as autoridades equato-guineenses, equipas médicas e de bombeiros foram mobilizadas para o local.

Os feridos estão a ser transportados para os hospitais de La Paz, Nuevo Inseso e Regional de Bata.

O vice-presidente e responsável pela Defesa e Segurança, Teodoro Nguema Obiang Mangue, conhecido como 'Teodorin', filho do Presidente Teodoro Obiang, apareceu na TVGE a visitar o local rodeado de um forte aparato de segurança dos seus habituais guarda-costas israelitas.

Localizada na parte continental, Bata concentra cerca de 800 mil habitantes dos 1,4 milhões de residentes deste país da África Central, rico em petróleo e gás, mas onde a maioria da população vive abaixo do limiar da pobreza.

A Guiné Equatorial integra a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) desde 2014.


Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 427 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

News Fotografia