IDT-N°/ : 5988

Votos do utilizador: 1 / 5

Estrela ativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Cá estou, uma vez mais, para partilhar um dos meus devaneios. Não que isso constitua qualquer verdade absoluta, antes pelo contrário, por ser apenas a minha perceção da realidade tal como o próprio nome indica. No DLP1 podemos facilmente compreender que esta distorção da realidade pode ser errónea. Na verdade, é precisamente sobre este erro que quero hoje falar.

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

A linha reta é uma manifestação peculiar do ser humano na natureza. Este, que tem uma vontade natural de expansão, é impulsionado a dar continuidade aos limites do seu corpo para o meio que o envolve, a fim de ampliar o seu território íntimo. Através desta fundição cria-se um novo ambiente, que nem é do homem, nem é natural.

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Em 2005, em plena Trafalgar Square, Nelson Mandela fez um dos discursos mais marcantes sobre a pobreza e a condição humana. No evento da “Make Poverty History”, que se realizou na véspera da Cimeira do G8 em Gleneagles, o ex-presidente sul-africano disse o seguinte: “Tal como a escravatura e o apartheid, a pobreza não é natural. É feita pelo homem e pode ser superada e erradicada pelas ações dos seres humanos. E vencer a pobreza não é um gesto de caridade. É um ato de justiça. É a proteção de um direito humano fundamental, o direito à dignidade e a uma vida digna. Enquanto a pobreza persistir, não há verdadeira liberdade.”

Pág. 1 de 13

Últimos Tweets

Covid-19: Hospitais privados reiteram disponibilidade para responder à pandemia https://t.co/ZdagRCrsWi
Yes! à Studio du Chien Marin https://t.co/fy8O6bbtQd
OE2021: BE diz que orçamento “é de rotina”, mas assume compromisso em caso de mudança https://t.co/Le1JvWfcWy
Follow Jornal das Comunidades on Twitter