Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
sábado, 16 outubro 2021

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Entretenimento

  1. Entrevista
  2. LusoPodcast
  3. Foto do Mês

Publicado em DR programa para facilitar negócios a portugueses na diáspora



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

O Programa Nacional de Apoio ao Investimento da Diáspora (PNAID), que visa facilitar a atividade económica a emigrantes que pretendam investir em Portugal e a empresários que se queiram internacionalizar, foi publicado hoje em Diário da República.

(Lusa) – O Programa Nacional de Apoio ao Investimento da Diáspora (PNAID), que visa facilitar a atividade económica a emigrantes que pretendam investir em Portugal e a empresários que se queiram internacionalizar, foi publicado hoje em Diário da República.

O serviço "Empresa Online", através dos Espaços Cidadão existentes na rede consular, passa a estar disponível para portugueses e lusodescendentes que tencionem criar uma empresa em Portugal.

"O objetivo é facilitar a criação (ou alteração) de uma empresa e realização dos respetivos registos no canal ‘online’ ePortugal.gov.pt, sem prejuízo, naturalmente, dos necessários procedimentos subsequentes com vista à ativação e funcionamento das empresas criadas por esta via", explica o Ministério da Justiça numa nota enviada às redações.

O alargamento a emigrantes e lusodescendentes do "Julgado de Paz Online", com a criação de uma plataforma eletrónica de suporte, é outra das novidades contempladas na resolução do Conselho de Ministros n.º 64/2020.

De acordo com a tutela, "facilita-se assim o acesso à justiça e aos tribunais, tornando este serviço acessível aos portugueses e lusodescendentes residentes no exterior e que careçam desta forma de apoio".

O PNAID prevê também o mecanismo de "Mediação Familiar Transfronteiriça", que permitirá gerir conflitos, utilizando a nova plataforma de tramitação de processos nos meios de resolução alternativos de litígios.

Segundo a nota do Ministério da Justiça, a medida permitirá "gerir a resolução de situações ou conflitos resultantes da diáspora dos portugueses no mundo, como a separação de muitas famílias, a necessidade de regular responsabilidades parentais em situações de famílias separadas e residentes em diferentes países, ou a salvaguarda do superior interesse das crianças".

O PNAID "será um facilitador dos negócios e da economia para os emigrantes portugueses e lusodescendentes que queiram investir ou alargar a sua atividade económica em Portugal"

"Destina-se também a empresários nacionais que pretendam internacionalizar os seus negócios através da diáspora", acrescenta a tutela.


Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 201 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
30
31

News Fotografia

Foto: Paulo Pego