Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
quinta-feira, 21 outubro 2021

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Aluna da UC integra World Toilet Organization



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

Bruna Coelho, aluna do Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências  e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), e membro da rede de pesquisa internacional Sci-Tech Asia , acaba de ser convidada para integrar a equipa da World Toilet Organization (WTO), a maior organização não-governamental (ONG) mundial dedicada a melhorar as condições sanitárias e a qualidade dos sanitários em todo o globo.

Fundada em 2001, a WTO tem hoje mais de 150 organizações afiliadas em mais de meia centena de países.  Esta ONG promove anualmente a World Toilet Summit, um importante evento mundial dedicado ao saneamento básico, e iniciou o movimento que levou à criação do Dia Mundial da Casa De Banho das Nações Unidas celebrado a 19 de novembro.

Bruna Coelho está atualmente a desenvolver um projeto de mestrado de antropologia social-cultural na FCTUC, sob orientação do docente Gonçalo D. Santos, intitulado “Sanitários Públicos no Feminino: Análise do Movimento Internacional da Adaptação das Diretivas de Género nas Casas de Banho Públicas”.

Este projeto, explica a aluna, «explora o movimento internacional pela adaptação de diretivas de género no design e na manutenção de casas de banho públicas, propondo uma análise inovadora da situação dos sanitários públicos urbanos em Portugal. Se mais de metade da população global ainda vive sem saneamento seguro, também é verdade que a situação dos sanitários públicos em países afluentes como Portugal está longe de responder às ansiedades dos seus utilizadores, especialmente as mulheres».

O trabalho é pioneiro, acrescenta o orientador, «na forma como utiliza metodologias etnográficas para dar voz ao ponto de vista das mulheres portuguesas e suas sugestões sobre como se pode tornar as casas de banho públicas num espaço mais feminino».

O estágio de Bruna Coelho na WTO faz parte do seu projeto de mestrado. «É uma oportunidade única para estudar de perto o universo de investigação e ativismo em WASH (Water, Sanitation and Hygiene), e desenvolver contactos preciosos com especialistas de todo o mundo», acredita.

Bruna Coelho vai estar a trabalhar com o atual presidente da WTO, Jack Sim, o magnata da indústria de construção que tem dedicado muito da sua vida ao melhoramento das casas de banho um pouco por todo o mundo.


Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 182 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
30
31