Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Covid-19: Quarentena de equipas inglesas é decisão dos governos - UEFA

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) – O cumprimento de 14 dias de quarentena para equipas inglesas que eventualmente disputem em Portugal a fase final da Liga dos Campeões em futebol será uma decisão dos governos nacionais, salientou hoje à agência Lusa a UEFA.

Portugal, onde foram identificados vários surtos localizados nas últimas semanas, não está na lista publicada de 59 países e territórios onde os britânicos podem passar férias sem cumprir quarentena no regresso e que inclui Espanha, Alemanha, Grécia, Itália, Macau ou Jamaica.

O sistema vai entrar em vigor na sexta-feira, 10 de julho, e permite evitar que quem chegue destes países tenha de ficar 14 dias em isolamento, como acontece atualmente com todas as pessoas que chegam a Inglaterra do estrangeiro, ou arriscam uma multa de mil libras (1.100 euros).

Em 17 de junho, a UEFA anunciou que a Liga dos Campeões, suspensa em março devido à pandemia de covid-19, seria definida através de uma inédita ‘final a oito' a realizar em campos neutros, em Lisboa, nos estádios da Luz (Benfica) e José Alvalade (Sporting), entre 12 e 23 de agosto.

Os jogos dos quartos de final terão lugar entre 12 e 15 de agosto, enquanto as meias-finais realizar-se-ão em 18 e 19, e a final em 23.

As eliminatórias da ‘final a oito' serão decididas em apenas uma partida, ao contrário das habituais duas mãos, sendo que, até ao momento, já se apuraram para os ‘quartos' Atalanta, Leipzig, Atlético de Madrid - que eliminou o campeão europeu em título, Liverpool - e Paris Saint-Germain.

Com a paragem da competição, ficaram por decidir quatro embates da segunda mão dos oitavos de final da ‘Champions': Manchester City-Real Madrid (2-1, na primeira mão), Juventus-Lyon (0-1), Bayern de Munique-Chelsea (3-0) e FC Barcelona-Nápoles (1-1).

Caso estas quatro partidas, agendadas para 07 e 08 de agosto, não se possam realizar nos países para os quais estavam inicialmente marcadas, devido à pandemia de covid-19, serão disputadas em Portugal.

Se Chelsea e Manchester City se apurarem para a fase seguinte, as duas equipas vão viajar para Portugal para disputar a ‘final a oito’, com a UEFA a salientar que a decisão de cumprirem ou não depois os 14 dias de quarentena será tomada pelos governos nacionais.

“Esse é um assunto para os governos nacionais, não para a UEFA”, explica em resposta por escrito, lembrando que têm existido contactos e reuniões entre o organismo que tutela o futebol europeu e o Governo português para a realização da prova.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 534 mil mortos e infetou mais de 11,47 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.620 pessoas das 44.129 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.


RECOMENDADOS PARA SI

Últimos Tweets

Marcelo afirma que são os representantes dos portugueses quem decide destinos do país https://t.co/okfapB439Z
Projeto liderado pela Universidade de Coimbra revela eficácia de Drones “low-cost” no combate ao lixo marinho https://t.co/Kv9c8YHTZL
Intermitências da Pandemia – o “novo normal” https://t.co/RRnfQalmYl
Follow Jornal das Comunidades on Twitter