Noite de São Caetano em Heysel



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

Com o edifício do Atomium a servir como pano de fundo, Caetano Veloso atuou ontem em Bruxelas, no palco da Arena 5, num espetáculo que fez lembrar um momento da vida pré-pandemia.

O artista brasileiro passou em Paris e em Hamburgo antes de aterrar na capital belga para o terceiro espetáculo da sua tournée europeia. “Fazia dois anos que eu não cantava em frente ao público. E aqui ainda está mais bonito, porque todo o mundo está sem máscara”, referiu Caetano Veloso no encerramento do concerto.

Caetano Veloso revisitou alguns dos seus grandes temas como “Menino do Rio”, “Janelas Abertas n.º 2”, “Tigresa”, “O Leãozinho” e “Terra”. O ícone brasileiro cantou, dançou e encantou o público em Bruxelas, que a certo momento deixou o lugar reservado nas cadeiras e fez festa à beira do palco, numa noite em que a língua portuguesa foi rainha.

A exemplo do que aconteceu em Paris no passado dia 28 de agosto, público fez-se ouvir, com críticas ao Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Um coro de vozes a gritar “Fora, Bolsonaro” foi possível ouvir no início e no fim do concerto.

Após a atuação na Bélgica, Caetano Veloso segue agora Portugal onde terá uma série de concertos em Lisboa, Porto e Guarda.

Ao 79 anos, o artista brasileiro teve uma atuação perfeita, numa noite belga já fria em Heysel. Para grande parte dos brasileiros residentes no país, foi dia de São Caetano.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Rúben Castro
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicionar o seu comentário aqui!