Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
terça-feira, 21 setembro 2021

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Músicos “internacionais” na homenagem a António Mimoso (Ponte de Lima)



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

Realiza-se brevemente a homenagem a António de Araújo Mimoso (1881 – 1953), por iniciativa do Clube de Gastronomia de Ponte de Lima e da família/descendentes do benemérito dos concelhos de Ponte de Lima e Viana do Castelo.

O programa, elaborado há dias com os proprietários da Casa Grande de Sá, freguesia do concelho de Ponte de Lima, residência de António Mimoso, permitirá uma cerimónia com dois momentos marcantes: um apontamento musical, por parte de Joel Vaz, oboé na Orquestra Sinfónica de Gotemburgo, Suécia, mas com várias interpretações musicais em Portugal, Suíça e Alemanha, designadamente na European Union Youth Mind Orchestra (Orquestra Juvenil dos 27 estados europeus, Ferrara, Itália), a Orchestre La Suisse Romande, a Banda da GNR, a Orquestra Gulbenkian e Orquestra Metropolitana de Lisboa. O talento de Moreira de Lima será acompanhado por um outro: Diogo Penha, de Vitorino das Donas, compositor e violoncelista, com actuações em Portugal, Espanha, Alemanha, Brasil, aluno de Alexander Znachonak, da Bielorrússia; o músico já acompanhou interpretações com o grupo Moonspell, Orquestra de Câmara de Coimbra, Moda Lisboa e Portugal Fashion, além de concertos com Mário Laginha, Pedro Burmester, Rui Massena e Madredeus.

O motivo da arte dos sons se associar á lembrança da Figura Limiana, deve-se ao facto de António Mimoso ter ajudado financeiramente as Bandas de Música de Moreira, Ponte de Lima e S. Martinho da Gândara, algumas delas agradeciam o contributo tocando na sua casa, em dia de aniversário, ou na romaria do Senhor da Saúde, para cuja festividade abria a sua adega!

Mas, o nome do “fidalgo – rico” como escutamos a quem o conheceu, ecoava, além do seu concelho, onde foi o principal capitalista para a estância de Santa Maria Madalena, ora na compra da capela, ora no aformoseamento do monte para Parque de Lazer (1923 – 1937). Aliás, a organização da homenagem pretende mostrar o motor / gerador de electricidade comprado por outro benemérito local, João Francisco Rodrigues de Moraes (1851 – 1936) para aquele miradouro, antes ao serviço do Teatro Diogo Bernardes que também lhe pertenceu, peça identificada por Álvaro Gomes Dias, filho do saudoso responsável da manutenção daquele espaço verde de Arca e Fornelos, e irmão do grande Limianista Padre Manuel Dias, também já no reino dos céus!

Quanto a evocações da Obra e do Homem, elas estarão a cargo do signatário, e dos investigadores Rosário Sá Coutinho e Miguel Ayres de Campos.

Os convidados e familiares para a evocação do ilustre Limiano, deputado da nação, Presidente da Câmara Municipal e Administrador do Concelho, esses serão provenientes de Lisboa, Aveiro, Porto, Guimarães, Barcelos, Braga, Ponte de Lima, Arcos de Valdevez e Viana do Castelo.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Tito Morais
Author: Tito Morais
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 184 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

News Fotografia

Foto: Paulo Pego