Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Covid-19: Brasil totaliza 114.250 mortos e mais de 3,5 milhões de infetados

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) - Desde que a pandemia de covid-19 chegou ao Brasil em fevereiro passado, o país registou 114.250 mortos e 3.582.362 milhões de pessoas infetadas pelo novo coronavírus, informou hoje o Ministério da Saúde.

Nas últimas 24 horas, o maior país da América do Sul somou 892 óbitos e 50.032 infeções provocadas pela doença.

O Executivo adiantou que 2.709.638 pessoas já são consideradas recuperadas e outras 758.474 estão sob acompanhamento.

O estado brasileiro mais afetado pela doença, São Paulo, estado mais populoso do país com 46 milhões de habitantes e que está localizado na região sudeste, registou um total de 28.392 óbitos e 749.244 casos confirmados de covid-19.

Em número de casos, o Estado da Bahia, no nordeste do país, é o segundo mais atingido, com 234.204 infeções, seguido pelo Rio de Janeiro (210.464) na região sudeste.

Já em número de mortos, o Rio de Janeiro continua a ser o segundo Estado brasileiro mais afetado, com 15.267 óbitos, seguido pelo Ceará (8.286), estado localizado na região nordeste do país.

O Brasil é o segundo país mais atingido pelo novo coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos em número de mortos (175.245) e de casos diagnosticados (mais de 5,6 milhões).

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 800 mil mortos e infetou mais de 23 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.


RECOMENDADOS PARA SI

Últimos Tweets

Candidatura de Rui Gomes da Silva às eleições do Benfica formalizada na Luz https://t.co/1aF5z3dRXo
Francisco Guerreiro recusa financiamento de atividades tauromáquicas pela PAC https://t.co/Hg6x5sNqDW
"É necessário assegurar a diversidade geográfica da abertura das mesas de voto", Pedro Rupio https://t.co/rZo1l8mTns
Follow Jornal das Comunidades on Twitter