Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Romaria da Serra d’ Arga é candidata a 7 MARAVILHAS DA CULTURA

IDT-N°/ : 4643

Convide os seus amigos

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 


Por muitos é considerada a festa mais típica e genuína do Alto Minho e o seu nome já passou fronteiras e trás milhares de visitantes todos os anos para viver e disfrutar da romaria de S. João d’ Arga. Agora a mesma é candidata ao concurso 7 Maravilhas da Cultura Popular que tem por objectivo a “valorização do património cultural material e imaterial e a divulgação do que de melhor há em Portugal em categorias tão diferentes como o artesanato, as lendas e mitos, as festas e feiras, músicas e danças, rituais e costumes, procissões e romarias e artefactos.

Miguel Alves, autarca do município de Caminha, valorizou esta candidatura porque o objectivo é “dar a conhecer a mais singular romaria do Alto Minho, a sua história, as suas tradições, o que significa para as populações de toda a região e o que vale em termos históricos pelo património que alberga e pela natureza que marca todo o local. O segundo objectivo é ganhar: esta candidatura quer que Portugal conheça melhor a Serra d’Arga, perceba os tesouros que ainda esconde, mas também quer ser escolhida como uma das 7 Maravilhas da Cultura popular”.

Recordar que o Mosteiro de São João d’Arga tem data de fundação imprecisa e varia consoante as fontes mas cujas primeiras referências provém de 1252 através do testemunho dos frades beneditinos que restauraram e ocuparam o edificado.

Por outro lado, também a festa de Nossa Senhora da Bonança, em Vila Praia de Âncora, é candidata ao concurso 7 MARAVILHAS DA CULTURA , concretamente na categoria festas e feiras e a Góta da Serra d’Arga é candidata na categoria de música e danças.

Após uma avaliação vai se chegar a 7 patrimónios finalistas em cada um dos distritos do país e regiões autónomas. Só depois haverá votação pública de candidaturas, processo que será acompanhado pela RTP.
O Alto Minho marca presença e o concelho de Caminha também …

Isabel Varela
Jornalista / colaboradora
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.
Textos deste autor:

RECOMENDADOS PARA SI

EU APOIO O Luso.eu

Últimos Tweets

Gulbenkian distingue projeto de investigação da UC em computação quântica https://t.co/4KtUVSxDRE
Gulbenkian distingue projeto de investigação da UC em computação quântica https://t.co/phjYEY0Rnp
Especialista da Universidade de Coimbra integra grupo de trabalho da Organização Mundial de Saúde https://t.co/4HUnC632sv
Follow Jornal das Comunidades on Twitter